sábado, 4 de junho de 2011

A relação da educação ambiental com a prática pedagógica( o que é educação ambiental

O educador ambiental deve ser imbuído de uma intencionalidade emancipadora e manter-se fiel a um enfoque tranformador no que se refere à relação dos seres humanos com a natureza. A Educação Ambiebental é um processo continuado, permanente, com estratégias específicas desenvolvidas pelos participantes, incluindo a de sobrevivência ecônomica,comunitariamente articulada. Assim o bairro,a micro-bacia,o ambiente urbano articulam a rede de cidadania,base do desenvolvimento sustentável. A prática da Educação Ambiental deve ser objetiva e ser passada pela intencionalidade de promoção e pelo incentivo ao desenvolvimento de conheci-
mentos e habilidades que contribuam para sobrevivência, a nossa e a de todas as espécies e sistemas naturais do planeta, a participação humana. Pensar em Educação Ambiental traz à mente três idéias: Paixão, Resistência e Atitude. É visivél a expectativa ético-política da Educação Ambiental, bastante notável e trajetória das ações da Educação Ambiental no Brasil e em outros países, no Brasil esta divulgação tem sido observada por vias de diversos conhecimentos da situação da Educação Ambiental, o ambiente sofre devido à atuação da sociedade capitalista urbano-industrial diante suas ações tecnológicas e econômicas. Em nosso ver a idéia de preservação ambiental teve grande ajuda dos meios de comunicação que têm colaborado cada vez mais pra as atividades que inclui a questão ambiental no nosso país e  nos outros paises também. Sanchesz apud Loureiro, (2000, p. 92);
Podendo afirmar que a simples percepção e sensibilização para a problemática ambiental e o incremento de competência técnica voltada para a sua resolução, não expressam  aumento qualitativo da consciência do exercício de cidadania ecológica. Esse fator depende de processos coletivos de apropriação simbólica do significado da questão ambiental para a sociedade por meio de procedimentos educaionais e culturais, e da construção de bases materiais que permitem sua concretização, pela ação democrática no Estado-Nação, o que demonstra a relevância da ação de atores individuais e coletivos no movimentos sociais e por meio da Educação Ambiental.
Ao concordarmos com o autor de que a Educação Ambiental possui um papel importante e que o projeto político se relaciona de forma exclusiva na formação do Estado democrático, que forma a mente em praticar a consciência ambiental que é acompanhada de uma consciência significativa mostrando o que é ser realmente um cidadão que amplia a sua atuação política, compreendendo as questões ambientais existentes e isso traz um maior entendimento como funciona a ação social, as escolhas sociais de cada cultura.
 
 

domingo, 15 de maio de 2011

2. O que é Educação Ambiental

2. O que é Educação Ambiental?
         Esta pesquisa está dentro de uma temática abrangente que envolve a interação entre Educação Ambiental, Educação na Contemporaneidade, Os Parâmetros Curriculares, Educação Ambiental e a Prática Pedagógica. A E A surgiu com o início do século XX, a consciência ecológica cresceu, ganhou apoio, criou políticas e decretos ambientais, nesta década de 1970 a Educação Ambiental foi fundamental e passou a existir para a formação e a preparação de pessoas comuns e não comuns para que estas pudessem refletir e criticar as ações existentes, observando que os valores éticos, os valores de justiça social e a solidariedade não são considerados ou respeitados, que não há um encorajamento para a ajuda. Apenas a intenção de lucros das grandes empresas capitalistas. Pelicione apud Brandão (CR.2000):
                                                                                          A Educação Ambiental vem sendo definida de diversas maneiras como uma modalidade     educatatentando para as realidades sócio-ambientais. Há uma definição que abrange muitas     partes e é difícil, o SITE da ONG ECOAR  de São Paulo que se dedicam a Educação Ambiental: " O conceito da Educação Ambiental é complexo, abstrato e    dificilmente compartilhado, porque não está abrangente explicitado. Pode ser vista como uma forma de intervenção na problemática ambiental mediada por projetos definidores de programas educativos''. (http://www.ecoar.org.br/)
         Entretanto encontramos um ponto bastante comum para vários conceitos de Educação Ambiental que observa os valores sociais e a construção de uma sociedade suatentável e reflexiva. " A Educação Ambiental envolve-se na formação das pessoas na busca da utopia que significa a oportunidade de reinvenção do compromisso com a emancipação.

sábado, 14 de maio de 2011

Relação da Educação Ambiental com a Prática Pedagógica

Resumo
Este artigo reflete nossas indagações em relação à Educação Ambiental e a Prática Pedagógica onde podemos afirmar que alguns dos nossos alunos são preparados para qualquer eventualidade que possa aparecer e que existem alguns que até hoje, não sabem codificar com responsabilidade as grandes conseqüências que têm agravado sobre o nosso Planeta, por isso nossa pesquisa segue uma linha principal destacando a Educação Ambiental, o Meio Ambiente e as causas que o afetam e o agridem. Todavia nos baseamos nas metodologias que mostraram a exig~encia e necessidade de se preservar o Meio Ambiente as variadas ações que podem atrair responsabildade, reflexão e benefícios ao Planeta e aos seres nele envolvidos. Entendemos que é imprescindível conhecer temática, principalmente no que se refer à importância de se tratar na teoria e prática dos objetos da Educação Ambiental no país, orientada para resolução dos problemas concretos do Meio Ambiente através de enfoques interdisciplinares e de uma participação ativa e responsável de cada indivíduo e da coletividade, visto que a Educação Ambiental possui caráter interventivo e político interligado com o debate de grande valor da interdisciplinaridade que que promove conhecimento devido às instituições de ensino terem um papel fundamental na formação de valores e na ação social, comprometendo-se com o processo educativo e transformador por vias do envolvimento pessoal, coletivo e das nações para criar sociedades sustentáveis.
PALAVRAS-CHAVE: Educação Ambiental. Prática Pedagógica. Meio Ambiente. Interdisciplinaridade.
1.Introdução
Este artigo reflete nossas indagações sobre a relação existente entre a educação ambiental e a prática pedagógica, pois o objetivo da escola é educar, para formar novos cidadãos conscientes, responsáveis e reflexivos, que possam respeitar o meio ambiente. É necessário que a relação da educação ambiental com a prática pedagógica desenvolva entre os indivíduos uma interação com o meio ambiente, através desta pesquisa prentendemos adquirir subsídios teóricos suficientes para todos os alunos pesquisadores de forma que o educando e o educador no seu desenvolvimento afetivo, cultural, político e social possam interagir com o objeto em questão, todavia abordamos os motivos que nos incentivaram e nos orientaram o estudo, assim, como os objetivos que nos encaminharam a pesquisa, a utilização da metodologia que serve como linha principal de investigação destacando a origem da E A onde evidenciamos o processo de sua construção, bem como a importância de se preservar o objeto, e as diferentes conseqüências que o afetam, enfatizamos a relação entre a E A e a prática pedagógica e sua função para que haja benefícios e o que essa relação significa para o leitor pesquisador, as linhas positivas que ajudam essa relação. Concretizamos a análise de dados coletados das pesquisas teóricas com suas referências, prosseguimos expressando nossas considerações finais fundamentadas nos resultados colhidos, a motivação ocorreu da necessidade e da convicção de que a escola, a família, os governantes e os leitores devem interrelacionar com o meio ambiente, e entendam as questões ambientais que diminem a proteção da natureza. A educação ambiental deve partir dentro de casa, dentro da escola e abranger toda a comunidade, entendemos, que a natureza tem que ser preservada, respeitada, pois é dela que obtemos os recursos que precisamos e necessitamos para sobrevivermos com uma vida adequada, os nossos alunos devem entender a importância de manter salas limpas, ruas limpas, o mar limpo e que não é só a reciclagem que deve ser feita, a violência gerada pelos problemas causados pela mão do homem, produz o que já vemos no meio ambiente; a falta de saneamento básico adequado, as enchentes e as secas, a poluição dos rios e mares causando morte dos peixes e outros animais, doenças entre os povos, é preciso considerar com suprema exigência os problemas para que a humanidade tenha um futuro sem desgraças e isso mostra que deve existir uma interação entre sociedade/natureza tanto coletivamente, quanto individualmente, algumas escolas do país já estão preocupando-se em incluir a o meio ambiente nos currículos escolares. Os educadores têm que se conscientizarem que os alunos devem aprender a se interagir com a natureza por vias de suas relações sociais, do trabalho, da ciência, da arte e da tecnologia, o ser humano tem dentro de si uma maldade que causa os principais danos ao meio ambiente, existem recursos que não se renovam como: o petróleo que está próximo a se acabar, as árvores, hoje centenas estão sendo derrubadas, isso faz com que o número de famílias aumente e o consumo de água também, o lixo é em torno de 18 mil toneladas diariamente, quando o homem intervem na natureza por necessidades e sem necessidades tais ações agridem terrivelmente o meio ambiente causando ou iniciando a sua destruição total os impactos ambientais começaram depois que houve o desenvolvimento industrial por isso passou a preocupar as grandes empresas tanto privadas, quanto públicas.

domingo, 1 de maio de 2011

O nosso Brasil é um poluidor geral

As metas criadas para que haja um desenvolvimento sustentável não estão sendo cumpridas de acordo com o Protocolo de Kyoto, o Brasil está emitindo muito gases, acho que as grandes empresas deveriam ler o protocolo e seguir realmente as normas. E as famílias deveriam educar seus filhos a não poluirem e sim preservarem, a escola deveria desenvolver projetos que envolvessem mais nossas crianças, ou melhor, nossos alunos para que eles apredendessem e entendessem o sentido de amar, preservar e ajudar.

O descaso com o meio ambiente

É um crime encontrarmos pessoas que não acreditam no futuro que há para o nosso planeta, é um desconforto encontrarmos animais sendo maltratados, abandonados por estarem doentes, lixos nas ruas, em canaletas, e as pessoas ficarem indiferentes com um absurdo tão grande. As escolas não estão educando nossas crianças a preservarem o meio ambiente, está faltando educação doméstica em relação a esse fato, e os poucos que cooperam são de todo ignorados e não recebem ajuda. Devemos nos unir para poder gritar em favor do meio ambiente, inclusive para salvarmos a fauna e a flora. Ladjane.